Siga-me por e mail

sábado, 8 de novembro de 2014

Saudade, amigos!

Olá, queridos amigos!
Quanto tempo, né? 
 Depois que voltei a trabalhar tem sido mais difícil ter um tempinho pra sentar e escrever com calma. Tenho muitas coisas pra contar pra vocês. 
 Já fazem 8 meses que Duda vem frequentando o kodomoen (jardim de infância) para crianças normais. Durante esses 8 meses, o que mais evoluiu no comportamento dela foi a fala. Ela tem usado muitas palavras. Tanto japonês quanto o português. 
 Ela entende comandos, frases curtas. Consegue assimilar tudo que acontece ao seu redor. 
 Duda é autista, e pra caprichar, tem o temperamento forte. Ela sabe dizer com clareza quando não quer algo ou quando algo a incomoda. Sutil como um soco no estômago. Hahaha! 
 A professora dela me disse que mandou Duda lavar as mãos após usar o banheiro. Ela olhou pra professora e respondeu: "手洗ってじゃないよ!" (Não vou lavar mão coisa nenhuma!) Exatamente assim. 
 Fiquei com aquele sorriso amarelo na hora, e pedi desculpas. Expliquei que se a professora não demonstrar autoridade e falar mais sério com ela, é como se ela soubesse disso e tirasse proveito. Tipo, "com ela eu posso fazer o que eu quiser que nada acontecerá." A garotinha é fogo na roupa. 
 Duda também não é muito fã das aulas de educação física, e fui notificada essa semana que ela tem matado aula pelos cantos do kodomoen, só pra não ter que participar. As professoras disseram que ela pede pra ir ao banheiro 300 vezes durante a aula. Certa vez deixaram ela ir sozinha e ficaram vigiando pra ver o que ela iria fazer. Banheiro? Não. Fugiu pra brincar no pátio, aproveitando a chance, afinal, não tinha ninguém olhando mesmo. Posso com isso? 
 Isso ainda não é tão grave e ainda damos muitas risadas com esses episódios, mas, e quando chegar no primário? 
 Nosso trabalho em casa tem sido fazer ela entender que o que tem que ser feito, TEM QUE SER FEITO. Mesmo que ela não goste. E tentando passar isso para as professoras também. 
 Vou mostrar pra vocês alguns vídeos que consegui fazer enquanto ela falava. Alegria sem tamanho ouvir a voz dela me chamando pra limpar o cocô!Hahaha! Coisas que só quem tem um autista em casa entende. 
  Vou tentar postar com mais frequência, pra tentar passar incentivo e força a quem precisar. <3
 
Tadinho do papai!haha!  
 

Nesse vídeo ela entende pouco, mas repete tudo que eu pergunto. O final é claro, ela quer chocolate. ^_^